Delivery em condomínio: como manter a comodidade com segurança?

Delivery em condomínio: como manter a comodidade com segurança?

O conforto e a comodidade são, sem dúvida, dois aspectos centrais na vida contemporânea. Em meio a correria cotidiana, a tendência é que nosso tempo esteja sempre contado. Por conta disso, nos valemos da tecnologia para poupar tempo, esforço e agilizar determinadas atividades, como é o caso do delivery.

Porém, quando tratamos de delivery em condomínio, há uma preocupação extra na hora de fazer pedidos: a segurança. Como se valer dessa comodidade sem que isso comprometa o controle do fluxo de pessoas no condomínio?

A seguir, vamos falar sobre algumas táticas para que você mantenha as facilidades propiciadas pelo delivery, sem que isso comprometa a segurança do local. Acompanhe!

1. Peça para que o morador anuncie os pedidos

Gestores e porteiros, junto aos moradores, devem elaborar uma estratégia de modo a garantir a segurança dos todos os residentes, garantindo que pessoas mal intencionadas não adentrem o condomínio.

Nesse sentido, uma dica simples e que faz toda a diferença na hora de manter a segurança do prédio é orientar os moradores a, após fazerem um pedido, avisarem o porteiro de que haverá uma entrega. Dessa maneira, não haverá o risco de que haja permissão de entrada de pessoas indevidas.

2. Solicite identificação aos entregadores

Para manter o controle do fluxo de pessoas no condomínio e garantir a segurança dos moradores, é essencial que os porteiros solicitem algumas informações básicas na portaria antes que permitam a entrada do entregador.

Entre as informações requisitadas, devem estar: RG, CPF, credencial de trabalho do estabelecimento onde o pedido foi realizado e dados de contato, como telefone do funcionário e da empresa para a qual trabalha.

3. Faça um cadastro de estabelecimentos recorrentes

É comum que estabelecimentos próximos do condomínio realizem muitas entregas. Então, deixar os porteiros preparados para receber esses pedidos agilizará bastante o delivery em condomínio.

Nessa cadastro, é importante constar o nome do estabelecimento, funcionários aptos a realizar entregas em nome dele e os dados apontados no item anterior. Com isso, as entregas se tornarão mais rápidas e seguras.

Além disso, manter um banco de dados com todas as entregas feitas, inclusive as não recorrentes, também é de suma importância. Desse modo, o condomínio se tornará muito mais resguardado de perigos e invasões.

4. Acorde as regras de delivery em condomínio junto aos moradores

A verdade é que algumas políticas como, por exemplo, solicitar que o morador vá até a portaria para receber pedidos ajudam em muito na manutenção da segurança do condomínio. No entanto, elas contrariam frontalmente a intenção central de quem opta por esse tipo de serviço: a comodidade.

Quem solicita produtos em casa geralmente não está disposto a descer escadas, elevador ou caminhar para pegar os itens encomendados. Mas esse cenário não é uma regra fixa. Pode ser que os moradores cheguem em um consenso em relação a quais tipos de produto devem ser recolhidos na administração ou portaria e quais não.

Faça reuniões de condomínio e acorde junto aos moradores as políticas de segurança que a maioria deseja adotar para esse tipo de serviço. Só não vale desconsiderar pessoas com mobilidade limitada, correto?

Gostou das nossas dicas de segurança para delivery em condomínio? Deixe um comentário no post e compartilhe a sua opinião!

Sem comentários

Cancelar