câmeras de segurança em condomínios

Saiba tudo sobre câmeras de segurança em condomínios

As câmeras de segurança em condomínios são recursos imprescindíveis para garantir a proteção desses locais. É praticamente impossível regular a circulação de pessoas e vigiar o ambiente sem a presença delas.

Apesar de sua instalação ser necessária, é preciso analisar alguns fatores anteriormente e ficar atento à legislação. Por isso, neste artigo vamos sanar suas dúvidas sobre o assunto e você ficará sabendo de tudo sobre as câmeras de segurança. Acompanhe!

Quais são as regras para instalar câmeras de segurança em condomínios?

O primeiro ponto importante a ser ressaltado é que a instalação de câmeras de segurança em condomínios é uma decisão a ser tomada pelos moradores em assembleia. É preciso que isso seja um acordo entre os condôminos e que todos arquem com os custos.

Afinal, não existe nenhuma lei que obrigue os condomínios a terem câmeras, mas é indiscutível sua necessidade para monitorar esses espaços.

O que existem são leis municipais ou estaduais específicas que determinam a utilização de placas com o aviso de que o ambiente está sendo filmado. Além disso, a legislação resguarda a intimidade dos cidadãos. Sendo assim, as câmeras devem ser instaladas apenas em áreas externas e as imagens utilizadas apenas para fins judiciais, sendo proibida a exposição íntima das pessoas.

Quais são os tipos de câmeras disponíveis no mercado?

Existem inúmeros tipos de câmeras de segurança disponíveis no mercado. Destacaremos a seguir algumas características presentes em alguns modelos, mas sem aprofundarmos muito em questões técnicas. Veja:

Câmera IP

A câmera IP não é exatamente um tipo de câmera. Ela recebe esse nome devido à tecnologia IP encontrada em vários modelos.

Assim, ela possui um servidor interno que possibilita o envio das imagens diretamente para a internet, pois tem seu próprio endereço IP. Há dois subgrupos basicamente: as câmeras IP com fio e as sem fio, também chamadas de camera IP wireless.

Câmera Infravermelho

A câmera infravermelho é ideal para ambientes com pouca luminosidade, pois são capazes de iluminar uma distância de 15 a 30 metros. É possível encontrar essa tecnologia em câmeras dome (menores tamanhos, melhores para instalação em ambientes internos) e bullet (mais usadas no mercado, possuem maior índice de segurança).

O que analisar antes de instalar câmeras de segurança?

Antes da instalação, é preciso analisar alguns aspectos até mesmo para fazer orçamentos. Busque saber, por exemplo, os ambientes em que as câmeras de segurança serão necessárias, como portarias, garagens, elevadores, etc. Verifique a luminosidade desses locais e também se eles possuem grande circulação de pessoas ou se é mais deserto.

Além disso, saiba como é possível ter acesso às imagens. Afinal, atualmente, pode-se contar com aplicativos que permitem acompanhar as imagens pelo computador ou smatphones em tempo real.

Logo, ao instalar câmeras de segurança em condomínios analise bem as necessidades do ambiente e a proteção que você precisa. Há modelos de câmeras específicos para cada lugar, sendo que alguns vão oferecer mais nitidez, outros mais cor e definição.

Agora que você já sabe tudo sobre câmeras de segurança, leia este post sobre os tipos de segurança eletrônica e escolha o seu!

Sem comentários

Cancelar