Serviços de manutenção: como economizar na hora de contratar?

Serviços de manutenção: como economizar na hora de contratar?

A boa execução faz com que os serviços de manutenção sejam um diferencial para a gestão de condomínios. Quando as instalações de um prédio não recebem os devidos cuidados, por exemplo, a insatisfação dos moradores cresce — e o gasto com reparos emergenciais também tende a aumentar. 

Levando tais fatores em consideração, preparamos o artigo de hoje com o intuito de explicar como economizar na hora de lidar com esse tipo de demanda e, ao mesmo tempo, contar com bons profissionais. Continue a leitura e confira nossas dicas!

Elenque os serviços de manutenção necessários

Gerir uma estrutura com eficiência requer o máximo de planejamento. Sendo assim, dê seus primeiros passos elencando quais tarefas de manutenção e prevenção são indispensáveis para o cotidiano do condomínio. 

Uma ótima maneira de fazê-lo é segmentando as áreas comuns e todos os espaços do local. Confira, logo abaixo, algumas sugestões:

  • garagem;
  • playground;
  • hall;
  • elevadores;
  • portaria;
  • jardins;
  • piscina.

Feito isso, dê atenção a todas as necessidades de cada área. É bom lembrar que elas vão da limpeza à iluminação. Por isso, tente saber qual é o estado de todos os equipamentos elétricos e se eles carecem de reparos. 

A título de exemplificação, ao pensar no ambiente da piscina, divida as atribuições exigidas em atividades específicas:

  • trocar as lâmpadas;
  • verificar motores e máquinas;
  • realizar a limpeza da água, dos acessórios e dos entornos.

Estabeleça as frequências de realização

A periodicidade é um elemento fundamental para planejar e fazer uma contratação inteligente de serviços. Conhecendo-a a fundo, torna-se possível compreender melhor o funcionamento e as demandas do condomínio.

A retirada de lixo, por exemplo, deve ocorrer uma vez ao dia, no mínimo. Por outro lado, a revisão dos elevadores pode ser quinzenal ou mensal, ao passo que limpar a piscina precisa ser uma prática semanal. As reformas, por sua vez, são situações bastante particulares, que carecem de uma preparação de longo prazo.

Existem, ainda, as pendências eventuais, que não têm data para acontecer. Imagine que um equipamento de segurança eletrônica quebrou ou que uma lâmpada do hall queimou — é preciso resolver essas questões o quanto antes. De qualquer modo, deve-se agir preventivamente, a fim de evitar transtornos do tipo. 

Identifique quais tarefas podem ser terceirizadas

Ao saber com quais afazeres lidar e em qual frequência, fica mais fácil determinar quais serviços podem ou não ser terceirizados, além de estipular um orçamento. Nesse caso, é recomendável buscar por profissionais capacitados e que tenham reconhecimento no mercado.

Não se esqueça de que contratar uma portaria virtual ou a equipe de limpeza é uma das responsabilidades mais sérias de um síndico. Ou seja: é preciso pensar na relação custo-benefício — e não apenas na economia propriamente dita.

Afinal, a segurança e a saúde dos condôminos estão completamente associadas a esses aspectos. E a terceirização dos serviços de manutenção é, em grande parte das situações, uma saída que melhora não só a qualidade de várias tarefas, mas também alivia os gastos do condomínio.

Você achou este artigo útil? Aproveite para compartilhá-lo nas redes sociais e marcar seus vizinhos ou amigos!

Sem comentários

Cancelar